genealogia para o céu

vídeo / 5’45’ (parte I); 5’59” (parte II); 3’33” (parte III); 5’01” (parte IV) / cor / som / 2009-2020

A partir da coleta de vídeos de usuários que sobem registros do céu de Goiânia, proponho uma montagem organizada a partir de temas, como “céu azul”, “céu e ovnis”, “céu e religião”, dentre outros.

“Hoje é três do cinco de dois mil e dezoito. Olha só que céu, que nuvem bonita. Olha o avião! Olha o avião passando! Deixa eu ver se eu pego ele. Ele tá bem pra lá. Olha que lindo, gente. Umas nuvens lá longe, uma tarde bonita. Uma nuvem lá lonjão. O sol está escondendo agora no momento e aí reflete nessa nuvem.”

“Filma pra mim, filma pra mim! Ali, ó! Você vai filmar ali, ó. Para no estacionamento. É uma luz colorida. É Jesus mostrando que está prestes a vir. Ele falou na bíblia que haveria sinais no céu da vinda dele.”

“Seis da manhã. Olha o céu em Goiás. Goiânia, Goiás. Vermelho, amarelo, cor de abóbora.”

“Minha câmera do celular não pega, mas olha lá. Parece ser um disco voador. A luzinha fica brilhando e depois some, cara. Olha lá, de novo, que trem mais esquisito. Parece que tá ficando mais perto de nós.”

“Rapaz, pra que eu vou pagar… Pra que eu vou pagar quatrocentos reais de foto se o meu celular tira umas fotos top?”

“Desceu uma chuva rápida e olha que belezura desse arco-íris. É uma aliança de Deus conosco.”

“Cuidado, moço, tá relampeando! Olha o sol lá escapando.”